Buscar

O Nordeste mostrando toda sua força com Lucas Rabelo e Rayssa Leal no topo do pódium.


As altas temperaturas do domingo (05) não desanimaram o público que marcou presença na Praça Duó, na Barra da Tijuca, para conferir as finais do Oi STU Open Rio. Com arquibancadas cheias, os atletas deram show de manobras e levantaram os fãs que vibraram a todo tempo. No total, 5 pódios se formaram entre as disputas de Paraskate, Park e Street.

No Paraskate (Street), Felipe Nunes ficou com o título, em um pódio que ainda teve Toni Alves (2º) e Vinicius Sardi (3º).

No Park, Andre Mariano surpreendeu e conquistou o primeiro lugar pela primeira vez - na primeira final que fez do evento e ao lado do irmão Luiz Francisco. Pedro Barros ficou em 2º lugar - o skatista caiu na segunda volta e precisou sair da disputa - e Augusto Akio foi o 3º.

"Não estava esperando tanto resultado, eu vim mais para curtir, mostrar o que eu sei fazer, e acabei conseguindo vencer essa etapa! Realmente não consigo explicar o que estou sentindo agora. Fazer a primeira jogada com o meu irmão e sair campeão dessa etapa é inexplicável, não sei o que dizer, só quero agradecer em quem acreditou em mim e obrigado", comemora Andre Mariano.

Já entre as meninas, a alemã Lilli Stoephasius ficou no lugar mais alto do pódio, seguida por Dora Varella e Yndiara Asp.

As finais do Park ainda contaram com três nomes da Seleção Brasileira Júnior: Kalani Konig (6º), Raicca Ventura (6ª) e Marina Brauner (8ª).

No Street, Lucas Rabelo e Rayssa Leal se sagraram campeões do evento. Eduardo Neves (2º) e João Lucas Alves Xuxu (3º) completaram o pódio do Street masculino. No feminino, Pâmela Rosa (2ª) - campeã do Super Crown da SLS e ouro no Pan-Americano Júnior - e Virginia Fortes Aguas (3ª) também subiram ao pódio.

"Tem sido um ano maravilhoso para mim. Eu gosto de botar um foco em tudo o que eu faço para batalhar por isso. Quando fiquei sabendo que ia ter esse campeonato em casa, no Rio de Janeiro, onde eu me sinto totalmente em casa, é aí mesmo que vou querer fazer bonito. Estou feliz com meu skate, consegui andar solto, e usei as manobras que já tinha em mente. É muito, é muito incrível poder ganhar em casa", comemora Lucas Rabelo que, nas últimas semanas foi vice-campeão do Super Crown da SLS e medalhista de ouro nos Jogos Pan-Americanos Júnior.

"A torcida brasileira é diferenciada, é muito bom andar em casa, perto do público. Hoje ouvi minha mãe, ela falou que tinha que ter um Flip rock e eu fui lá e consegui. Só posso comemorar", completa Rayssa Leal, medalha de prata nos Jogos Olímpicos.

Confira a classificação final

Final Paraskate - Street 1º - Felipe Nunes - 24.13 2º - Toni Alves - 17.65 3º - Vinicios Sardi - 14.90 4º - Ruan Felipe - 12.15 5º - Daniel Amorim - 8.38 6º - Rafael Alentejo - 6.16 7º - Wesley Cristiano - 6.03 8º - Og de Souza - 5.97 9º - Nando Araujo - 5.49 10º - David Courty - 4.49 11ª - Ana Vitoria (demo)

Final Park Masculino 1º - Andre Mariano - 86.33 2º - Pedro Barros - 84.33 3º - Augusto Akio - 82.77 4º - Gui Khury - 81.17 5º - Mateus Hiroshi - 81.00 6º - Kalani Konig - 75.90 7º - Luiz Francisco Mariano - 73.00 8º - Pedro Quintas - 63.33

Final Park Feminino 1ª - Lilly Stoephasius - 60.33 2ª - Dora Varella - 56 3ª - Yndiara Asp - 54.35 4ª - Isadora Pacheco - 53 5ª - Victoria Bassi - 47.33 6ª - Raicca Ventura - 46.33 7ª - Emily Antunes - 40.67 8ª - Mariana Brauner - 26.33

Final Street Masculino 1º - Lucas Rabelo - 25.64 2º - Eduardo Neves - 23.59 3º - João Lucas Alves Xuxu - 22.61 4º - Julio Zanotti - 20.94 5º - Wilton Souza - 14.40 6º - Vinicius Costa - 10.33 7º - Pablo Cavalari - 10.29 8º - Victor Hugo - 05.93

Final Street Feminino 1ª - Rayssa Leal - 16.30 2ª - Pâmela Rosa - 15.56 3ª - Virginia Fortes Aguas - 12.80 4ª - Kemilly Suiara - 08.64 5ª - Gabi Mazetto - 05.95 6ª - Ariadne Souza - 02.86 7ª - Marina Gabriela - 02.41 8ª - Giovana Dias - não competiu

Fonte: http://www.cbsk.com.br/noticias/noticias/oi-stu-open-rio-forma-5-podios-com-disputas-de-park-street-e-paraskate/2111


7 visualizações0 comentário